JOVENS PELO DIREITO AO ESPORTE

26 mar

A Rede de Adolescentes e Jovens pelo Esporte Seguro e Inclusivo (REJUPE)em encontro no Rio de Janeiro | Foto: Ratão Diniz

O legado social dos mega eventos esportivos que o Rio de Janeiro sediará nos próximos anos e a participação de jovens e adolescentes na preparação da cidade para receber a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016 foram tema de debate entre lideranças juvenis e o coordenador geral dos Jogos Olímpicos de Londres, o ex-atleta e medalhista olímpico Sir Sebastian Coe, na última semana. A conversa aconteceu durante o primeiro encontro local da Rede de Adolescentes e Jovens pelo Esporte Seguro e Inclusivo (REJUPE) no Rio de Janeiro, realizado na última terça-feira, 22 de março, na Universidade Cândido Mendes.

Lord Coe apresentou os projetos e iniciativas desenvolvidos na capital britânica para garantir a participação de adolescentes e jovens na construção do legado social das Olimpíadas de 2012 e respondeu a perguntas dos jovens sobre a inclusão de pessoas com deficiência e o reaproveitamento dos grandes espaços pelas comunidades. O RAP da Saúde, que é membro da Rede, esteve presente e participou ativamente das discussões. A troca de experiências entre as duas cidades favoreceu aos adolescentes da REJUPE de forma a inspira-los para o planejamento estratégico posterior, no qual eles definiram atividades para a efetiva promoção do esporte seguro e inclusivo em suas escolas e comunidades.

Jovens do RAP da Saúde e da REJUPE ao lado do coordenador geral dos Jogos Olímpicos de Londres, Sir Sebastian Coe | Foto: Ratão Diniz

A REJUPE tem o objetivo de promover a integração e a participação qualificada de adolescentes das cidades-sede da Copa do Mundo de 2014 em espaços de discussão de políticas públicas de esporte seguro e inclusivo para crianças e adolescentes brasileiros. A ideia é garantir que jovens lideranças contribuam para a construção de um legado social positivo para os megaeventos esportivos que serão realizados no País. Os encontros locais da Rede são promovidos com o apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e do Instituto Internacional para o Desenvolvimento da Cidadania (IIDAC) nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014. Durante cada um dos encontros, os adolescentes conhecerão o planejamento dos municípios para a Copa 2014 e deverão elaborar propostas para promoção e defesa dos direitos de crianças e adolescentes no esporte e por meio do esporte.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s