MAIS SEGURANÇA EM CASO DE TEMPORAIS

21 maio

Moradores de mais de duas mil residências cariocas participaram neste domingo, 20 de maio, de exercício simulado para desocupação de áreas de risco em caso de chuvas fortes. A ação foi promovida pela Defesa Civil Municipal em 18 comunidades que já contam com o Sistema de Alerta e Alarme para temporais, nos bairros do Estácio, Rio Comprido, Catumbi, Santa Teresa, Botafogo, Ipanema, Copacabana, Cosme Velho, Praça Seca, Jacarepaguá, Lins de Vasconcelos e Tomás Coelho.

O exercício é um treinamento prático para garantir a segurança dos moradores das áreas de risco da cidade em caso de temporais. Neste domingo, quando as sirenes foram acionadas, às 10h, os moradores que participavam da atividade deixaram suas casas e se dirigiram a um dos 33 pontos de apoio pré-definidos pela Prefeitura do Rio. Além da sinalização para indicar as rotas mais seguras até os pontos de apoio, técnicos da Defesa Civil, agentes comunitários, de  meio ambiente e voluntários orientaram a população durante o percurso.

“É importante que os moradores das áreas de alto risco confiem no Sistema de Alerta e Alarme e estejam preparados para a desocupação, quando necessário. Por isso o treinamento é tão importante”, afirma o subsecretário de Defesa Civil do Rio de Janeiro, Márcio Motta, que acompanhou a ação na Comunidade de São Carlos, no Estácio.

Como funciona o Sistema de Alerta e Alarme

Quando a Defesa Civil e o Alerta-Rio identificam que as chuvas chegaram a níveis críticos, o Sistema de Alerta e Alarme é acionado, para que a população das áreas de risco da cidade se encaminhe a locais seguros. A comunicação com os agentes e as lideranças das comunidades é feita por meio de mensagens de texto, enviadas a telefones celulares cedidos pela Prefeitura do Rio às comunidades onde o Sistema de Alerta e Alarme já foi instalado.

Todo o processo é orientado por agentes da Defesa Civil, lideranças comunitárias e moradores previamente capacitados, que recebem um relatório fotográfico da sua área geográfica e uma cartilha sobre como atuar em caso de emergência. Os moradores das comunidades também ganham material educativo para familiarização em relação ao funcionamento do Sistema.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s