DEU CERTO! Unidade de Saúde também é lugar de aprender

6 nov

Uma parceria entra as secretarias municipais de Saúde e de Educação do Rio de Janeiro tem proporcionado a crianças e adolescentes internados a oportunidade de continuar estudando. O programa Classe Escolar oferece aulas dentro do Hospital Municipal de Jesus, em Vila Isabel, para alunos com idades entre 3 e 17 anos, para garantir que os conteúdos trabalhados na escola não sejam perdidos pelos pacientes.

As aulas acontecem de segunda a sexta-feira, em uma sala de aula instalada no hospital, e são ministradas por duas professoras cedidas pela Secretaria Municipal de Educação. A “extensão” do colégio é rígida, com direito a dever de casa e conteúdo programado pela escola de origem. Mas também leva em conta a faixa etária dos alunos, suas condições clínicas e as recomendações médicas. Por exemplo, pacientes que estão no CTI recebem atenção individual, no próprio leito, enquanto as crianças e adolescentes que estão internados em quartos têm aulas em turmas.

Trabalho com massinha, realizado por alunos da Educação Infantil, no Hospital Municipal de Jesus

Trabalho com massinha, realizado por alunos da Educação Infantil do prgrama Classe Escolar, no Hospital Municipal de Jesus, em Vila Isabel (fonte: Rio Educa)

A coordenadora do programa Classe Escolar, Elizabeth Leitão, conta que a experiência envolve os pais e tem contribuído para a construção de uma nova relação entre alunos e professores. “Explicamos para os pais o papel da educação e eles passam a acompanhar todo o trabalho. Os alunos estão muito motivados e passam a se relacionar de outra forma com os professores. Eles adoram. Ninguém falta aula”, comenta Elizabeth.

Mural do projeto Planeta Vivo, desenvolvido por alunos do programa Classe Escolar, do Hospital Municipal de Jesus

Mural do projeto Planeta Vivo, desenvolvido por alunos do programa Classe Escolar, do Hospital Municipal de Jesus (fonte: Rio Educa)

A vice-diretora da unidade de saúde, Ariane Molinaro, avalia que a experiência tem contribuído, também, para a recuperação da saúde desses pacientes. “O benefício à saúde vai além de manter a mente ativa. A socialização no ambiente hospitalar é muito positiva: as aulas e o convívio com outros alunos e professores favorecem a saúde psicológica, melhoram a autoestima e mostram a esses pacientes que eles poderão voltar à vida normal após o tratamento”, comemora Ariane.

Hospital Jesus é referência

Referência no atendimento pediátrico, o Hospital Municipal de Jesus, em Vila Isabel, atende pacientes com diversas patologias, desde problema cardíacos e respiratórios até traumas ortopédicos. Todos passam pela sala de aula, independentemente da duração do tratamento. Em alguns casos, por conta da parceria com a Secretaria Municipal de Educação, o trabalho serve de pontapé para capacitar os pacientes. “Matriculamos em escolas crianças que ainda não estão estudando”, ressalta Elizabeth, que orienta os pais a manterem contato com o colégio para o jovem não ser prejudicado pelas faltas após a alta.

— Saiba mais sobre o programa Classe Escolar
— Leia reportagem do jornal O Dia sobre o programa Classe Escolar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s