Ministério da Saúde faz campanha alusiva ao Dia Nacional de Combate ao Tabagismo

4 set

adolescentes-fumando-narguile

Jovens fazendo uso do narguilé

Conhecido como cachimbo de água, ele é mais perigoso do que cigarro, por conter até mesmo carvão.

Uma sessão de 20 a 80 minutos ao redor do narguilé, inalando a fumaça aromatizada e respirando o ar do ambiente, equivale a consumir cem cigarros, segundo estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS). A informação é o mote da campanha anunciada pelo Ministério da Saúde de combate ao uso do chamado cachimbo de água.

No Brasil, ao menos 212 mil pessoas fazem uso do narguilé, de acordo com dados Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) 2013, feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e divulgados pelo Ministro da Saúde, Arhur Chioro. As informações da PNS foram comparadas com as da Pesquisa Especial de Tabagismo, feita em 2008. Os dados mostram que, num período de cinco anos, de 2008 a 2013, a proporção de homens fumantes na faixa dos 18 aos 24 anos que consomem narguilé subiu 139%, passando de 2,3% para 5,5%. As duas pesquisas não incluem adolescentes, mas, segundo Chioro, essa é a faixa etária mais propensa ao cachimbo de água:

— Os adolescentes são aqueles que mais se seduzem, achando que o narguilé não os expõe a todos os malefícios do cigarro comum. Mas fumar o narguilé equivale a cem cigarros. Queremos consolidar essa informação junto aos adolescentes.

Muito utilizado na cultura árabe, indiana e turca, o cachimbo de água — também chamado de arguile, narguila, shisha ou hooka — é preparado com um fumo especial, feito com tabaco, melaço e frutas ou aromatizantes. O tabaco é queimado em um fornilho, e sua fumaça, após atravessar um recipiente com água, é aspirada por uma mangueira até chegar à boca.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/sociedade/saude/uso-de-narguile-entre-jovens-dobra-em-5-anos-ministerio-da-saude-faz-campanha-de-alerta-17399069#ixzz3klvZ8FAI

CONCURSO CULTURAL NÃO BATA, EDUQUE 2015

2 set

Estão abertas as inscrições para o Concurso Cultural Não Bata, Eduque 2015, organizado pela Rede Não bata, Eduque.
Convite Concurso Cultural RNBE 2015Tem caráter nacional, e pode se inscrever crianças, adolescentes e jovens, nas respectivas categorias.
A iniciativa visa a possibilidade de reflexão e debate sobre o tema da educação sem uso de violência
Para participar, os inscritos devem usar a criatividade e elaborar propostas e ideias para o enfrentamento da violência doméstica e interpessoal contra crianças e adolescentes.
Todas as criações precisam seguir o tema “Bater e humilhar não é legal. Como posso mudar isso?”.
Período de inscrições: 17/08/2015 a 11/09/2015
Mais informações sobre as inscrições e envio dos projetos, acesse: http://goo.gl/110vgP

Parada do Orgulho Gay em Madureira terá ações de promoção da saúde

28 ago

diga nao“A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual (CEDS) promoverão ações de orientação e promoção da saúde, no próximo domingo, dia 30, durante a 15ª edição da Parada do Orgulho Gay em Madureira, na Zona Norte do Rio. Serão realizadas atividades de prevenção e tratamento de DSTs, Aids e hepatites.

A SMS e a CEDS montarão uma tenda no local, onde os profissionais de saúde poderão tirar dúvidas, além das DSTs, também sobre o controle do tabagismo (com teste de monoxímetro) e abordagem sobre tuberculose e hanseníase, entre outros temas.

Além das ações educativas, a SMS também vai montar um esquema especial de vacinação para os participantes da parada. Na Escola Municipal Ministro Edgar Romero, em Madureira, profissionais estarão disponíveis para vacinar contra a hepatite B. Todas as atividades serão realizadas das 10 às 15h.

A Parada Gay acontece na Avenida Ministro Edgar Romero, em Madureira.”

Fonte SMS/RJ:http://www.rio.rj.gov.br/web/sms/exibeconteudo?id=5556037

Gasto mensal com cigarro supera despesas com habitação.

27 ago

cigarroOs fumantes brasileiros da classe ‘C’ têm comprometido 38,7% da renda com o cigarro, segundo pesquisa do Ibope. O produto faz parte da cesta de produtos desses brasileiros. Porém, ainda de acordo com a pesquisa, enquanto os números de consumo crescem, a quantidade de pessoas que mantém o hábito de fumar reduz.

O instituto afirma ainda que o vício começa, geralmente, na adolescência. O designer Lucas Maia tem 29 anos e fuma desde os 15 anos e atualmente, gasta por dia R$ 10,50 com cigarros, o que representa dois maços. “Nunca fiz as contas, mas compro de um a dois maços por dia”, conta Lucas.

Ele trabalha em uma agência de publicidade e afirma que sai para fumar nos horários de almoço e café. “Dentro da agência não é permitido, e isso diminui a quantidade de cigarros”, assegura. Desde que começou a fumar, o designer diz aumentar, gradativamente, a quantidade de vezes que fuma.

De acordo com o IBGE, o gasto médio da população com aluguel, água e luz, é de 16% do total da renda, baseado em um salário mínimo. Com o uso do cigarro, comprando um maço a R$ 5,25 diariamente, ao final do mês a renda estará comprometida em 24,8%.

“Como o gasto não é feito de uma só vez, nem percebo”, conta o consultor de telecomunicações Alan Alves. “Fiquei sem fumar por um ano, mas voltei”, afirma. Hoje, o consultor consome em média um maço por dia.

Segundo o psicanalista Jonas de Almeida, que atende pacientes fumantes, o consumo está ligado muitas vezes a questões emocionais. “O cigarro demonstra que a pessoa não está bem. Ela está usando para substituir algo ou criar uma sensação”, diz.

O número de fumantes tem diminuído

Segundo dados do Inca – Instituto Nacional do Câncer, nos últimos 20 anos, a quantidade de brasileiros que fumam caiu de 35% para 17,2%. A razão para a queda pode estar na restrição de propagandas e nos locais antifumo.

Outro fator que pode ajudar é o aumento no preço. O valor do cigarro, em 2012, subiu 16% em 20 estados do Brasil. “Se subir muito vai ajudar para uma nova parada”, garante Alan.

Fonte : http://migre.me/rkEj6

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.026 outros seguidores