VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE: você não pode faltar

22 abr

Começa hoje, 22 de abril, e vai até 9 de maio a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe. Com o tema “Vacinação contra a gripe: você não pode faltar”, a iniciativa visa imunizar idosos, gestantes, crianças de seis meses a 4 anos, mulheres no período de até 45 dias após o parto, indígenas, presos, doentes crônicos e profissionais de saúde. Na cidade do Rio de Janeiro, a meta é vacinar cerca de um milhão e meio de pessoas. Para isso, mais de 200 salas de imunização estarão à disposição da população carioca, em todas as Clínicas da Família e Centros Municipais de Saúde da cidade, de 8h às 17h. Somente na quarta-feira, 23 de abril, feriado estadual de São Jorge, as unidades não abrem. E no sábado, 26, o Dia de Mobilização Nacional contra a Gripe, postos de vacinação avançados serão montados em igrejas, centros comunitários, creches, dentre outros locais.

campanha nacional de vacinação contra a gripe

Conforme recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), a vacina protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no inverno passado:H1N1; H3N2 e influenza B. A faixa etária da campanha foi ampliada – no ano passado foram imunizadas crianças de até dois anos – porque, em 2013, as taxas por internação por gripe m crianças menores de cinco anos chegaram ao mesmo patamar dos idosos. A medida protege tanto a criança que recebe a vacina, como, indiretamente, os grupos mais vulneráveis que convivem com ela.

A vacina é segura e é a melhor forma de evitar doenças graves, internações ou mesmo óbitos por complicações associadas à gripe. Estudos demonstram que a imunização pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza. O imunizante, produzido pelo Instituto Butantan e pela Sanoti Pasteur, é constituído por vírus inativados, por isso não causa a doença. Mas pessoas febris, portadores de doenças neurológicas, com história de alergia grave relacionada a ovo e reação a doses anteriores devem consultar um médico antes de tomar a vacina.

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe é realizada todos os anos, sempre antes do inverno, porque a produção de anticorpos pelo organismo tem inicio de duas a três semanas após a imunização. Por isso, é importante que os grupos recomendados da população tomem a vacina durante a campanha. Assim, quando chegar o inverno, todos já estarão protegidos.

Para ser vacinado contra a gripe no Rio de Janeiro, basta ir a uma das salas de imunização, nos Centros Municipais de Saúde e Clínicas da Família, portando um documento de identidade e, se possível, a caderneta de vacinação. As crianças devem tomar duas doses da vacina, sendo a segunda administrada 30 dias após a primeira. Portadores de doenças crônicas devem apresentar prescrição médica com a indicação do imunizante e mulheres no pós-parto um documento que comprove terem dado à luz no período previsto pela campanha.

AGENDA DA PROMOÇÃO DA SAÚDE: 19 a 25 de abril

18 abr

ze_gotinhaCAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA GRIPE
A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro inicia na próxima terça-feira, dia 22 de abril, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. A vacina contra a gripe é uma importante e eficaz estratégia de prevenção da doença, que costuma ser mais frequente nos meses do inverno. A prioridade da campanha é a imunização de pessoas mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias: idosos, gestantes, crianças de seis meses a 4 anos, mulheres no período de até 45 dias após o parto, indígenas, população prisional, pessoas portadoras de doenças crônicas e profissionais de saúde. Mais de 200 salas de vacinação em todos os Centros Municipais de Saúde e Clínicas da Família da cidade vão receber a população, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Para tomar a vacina, basta a apresentação de um documento de identidade e, se possível, da carteira de vacinação. Mulheres que tenham tido filhos há até 45 dias devem levar a certidão de nascimento da criança, e portadores de doenças crônicas precisam apresentar a prescrição médica.

 


pesquisaCÉLULAS-TRONCO

Estão abertas até o dia 25 de abril, sexta-feira, as inscrições para o Fiocruz-Aviesan Seminar on Neuroscience, encontro que debaterá uso de células-tronco no combate a doenças neurodegenerativas nos dias 5 e 6 de maio, na Fiocruz. Realizado pela Fiocruz em parceria com a Aliança Nacional para as Ciências da Vida e da Saúde, que engloba as principais instituições francesas de pesquisa biomédica em saúde, o evento tem como objetivo apresentar e discutir um panorama geral da neurociência no Brasil e na França. Além do debate científico, também está prevista a realização de uma oficina de planejamento para delinear estratégias visando projetos em rede com a colaboração da Fiocruz e do conjunto de instituições francesas. Para participar, basta baixar o formulário de inscrição e enviar para fiocruz.aviesan@ioc.fiocruz.br. O evento é gratuito e será apresentado em inglês. 

leituraCONCURSO LITERÁRIO

Ainda estão abertas as inscrições para o Concurso Literário Antônio Sérgio da Silva Arouca. O concurso, que é iniciativa do Movimento Ciranda de Escritores, grupo formado por autores da Região dos Lagos Costa do Sol, do Rio de Janeiro, em parceria com a instituição de prevenção e combate ao câncer Oncosolidaria, tem como objetivo difundir valores humanísticos, tais como a solidariedade, a dignidade da pessoa humana, a livre manifestação do pensamento, dentre  outros preceitos éticos. Podem ser enviados textos em formato de conto, crônica e poesia. Além disso, o concurso aceita desenhos e ilustrações. Os trabalhos selecionados serão editados e publicados em formato de livro pelo Selo Off Flip/Ciranda de Escritores, com previsão de ser lançado na próxima edição da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), em agosto de 2014. O prazo final de inscrição será o dia 30 de abril. Leia o regulamento e saiba os detalhes da sua modalidade!

 

cinemaCINEMA ALEMÃO

O Sesc Engenho de Dentro exibe uma mostra de cinema alemão com entrada franca, até o dia 29 de abril. Ao longo do mês de abril, serão exibidos dez filmes. Sábado, dia 19 de abril, às 15h, será exibido o filme “Yella”, do diretor Christian Petzold. Na quinta-feira, dia 24 de abril, é a vez de “Bem-Vindo à Alemanha”, do diretor Yasemin Samdereli. A mostra gratuita fica em cartaz até o dia 29 de abril. O Sesc Engenho de Dentro fica na Av. Amaro Cavalcanti, n. 1661.

 

 

 

PÁSCOA SAUDÁVEL E DIVERTIDA

16 abr

O feriado da Páscoa é uma excelente oportunidade para reunir a família de forma saudável e divertida. Aproveite a data para estimular a criatividade das crianças e estreitar ainda mais os vínculos familiares.

Brincadeiras

ovo_crayonUma atividade tradicional para as crianças, na Páscoa, é a pintura de ovos. Ovos de galinha são usados como telas de pintura, onde as crianças podem manifestar livremente sua criatividade e abusar das tintas coloridas. Depois de enfeitados , os ovos podem ser entregues como presentes aos familiares. Para evitar sujeira, o melhor é trabalhar com ovos cozidos.

A corrida do ovo é bem conhecida por quem já foi criança. Nela, os participantes apostam uma corrida equilibrando, com a boca, uma colher com um ovo. Quem chegar na frente pode ser o primeiro da turma a ganhar uma lembrancinha de Páscoa. Mas o importante é que todos sejam contemplados com as lembrancinhas, afinal, o que vale é participar do jogo e se divertir!

Há, ainda, a clássica caça aos ovos de Páscoa, em que pais escondem os ovos de chocolate pela casa ou quintal, sem que as crianças percebam. Para alimentar o imaginário infantil, pegadas de coelho criadas com talco e cenouras roídas podem dar pistas de onde estão escondidas as guloseimas.

O momento de união e diversão também pode ser aproveitado para lembrar a história da família, suas origens e parentes mais antigos, reforçando os laços e vínculos entre todos.

Diversão também na hora de comer!

Com criatividade, é possível preparar comidas saudáveis e atraentes paraEaster-Bunny-Pancakes as crianças, com a temática da Páscoa. Pode-se, por exemplo, moldar a comida no formato dos coelhinhos e usar ingredientes para compor olhos, nariz, bigodes e boca. Pedir a ajuda das crianças na hora de criar os pratos decorados e conversar com elas sobre os ingredientes escolhidos é uma boa pedida para abordar o tema da alimentação saudável. Além de aproximar a criança deste universo, a atividade estimula a criatividade e estreita a interação entre pais e filhos.

Chocolates: faça a escolha certa 

Na Páscoa é praticamente impossível escapar dos chocolates. Para os pais mais preocupados com o consumo do doce, a boa notícia é que o chocolate pode ser considerado um alimento saudável. Mas é bom lembrar que o seu consumo exige cuidados e moderação.

O cacau traz muitos benefícios à saúde. O alimento é rico em substâncias antioxidantes, que combatem os radicais livres, responsáveis por desencadear diversas doenças.  Além disso, é um importante estimulante para a produção de serotonina, libera endorfinas e eleva a disposição mental. Por isso, o cacau pode ser considerado um aliado para reforçar a sensação de bem-estar, reduzir a ansiedade e alguns sintomas de depressão.

Portanto, na hora de escolher o chocolate da Páscoa, prefira aqueles que imagestêm uma maior concentração de cacau. Os chocolates amargo ou o meio amargo são os mais indicados, na medida em que contém menos açúcar, menos leite e cacau mais puro, com concentração de pelo menos 70%. Já o chocolate ao leite, mais comum no formato de ovo de Páscoa, tem um teor mais baixo de cacau (entre 36% e 46%) e mais açúcar, leite, gordura e leite condensadpo. Consequentemente, essa opção mais doce e preferida por grande parte das crianças perde em nutrientes e ganha em calorias.

Apesar das desvantagens do chocolate ao leite, quem ganha o título de vilão da Páscoa é o chocolate branco. Neste caso, a concentração de cacau é zero, e perdem-se todas as vantagens do consumo desse fruto para a saúde. Além disso, a quantidade de gordura na mistura é maior em comparação ao chocolate amargo ou ao chocolate ao leite, contribuindo para o ganho de peso e para o aumento no nível de colesterol.

Há, ainda, os ovos de Páscoa especiais, nas versões diet, light, sem lactose, sem glúten, de soja. São alternativas para quem precisa seguir uma dieta específica, como pessoas com intolerância ou alergia ao leite e derivados, celíacos e diabéticos. Nestes casos, o consumo de chocolate deve ser orientado por um médico ou nutricionista.

Qualquer que seja a escolha do chocolate de Páscoa, o importante é que ele seja consumido com moderação, em pequenas porções e preferencialmente nos lanches da manhã e da tarde. É recomendável, também, a prática de atividades físicas, que ajudarão a queimar a energia a mais ingerida com as guloseimas.

AGENDA DA PROMOÇÃO DA SAÚDE: 12 a 18 de abril

11 abr

geoprocessamentoANÁLISE ESPACIAL E GEOPROCESSAMENTO EM SAÚDE

A partir do dia 14 de abril, segunda-feira, estarão abertas as inscrições para o curso de atualização em Análise Espacial e Geoprocessamento em Saúde, organizado pelo Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz) . O curso é voltado para profissionais graduados que atuam na área de saúde pública e para estudantes de pós-graduação. Ao todo, são oferecidas 20 vagas. Saiba mais informações sobre o curso e as inscrições!

 

criança não é de ruaSITUAÇÃO DE RUA

No dia 15 de abril, terça-feira, será realizado o V Seminário Regional da Rede Nacional de Atenção à Criança e ao Adolescente em Situação de Rua. O encontro, que tem como objetivo discutir e elaborar propostas para uma Política Pública Nacional de Atenção à Criança e ao Adolescente em Situação de Rua, será realizado na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a partir das 9h. A sede da OAB fica na Av. Marechal Câmara, n.150, no Castelo.  Veja como fazer sua inscrição!

 

hote da loucuraCINEMA E PSIQUIATRIA CULTURAL

Começa nesta segunda-feira, dia 14, e vai até quinta-feira, dia 17, o I Simpósio Nacional de Cinema e Psiquiatria Cultural, promovido pelo Núcleo de Cultura, Ciência e Saúde da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro. A programação inclui debates e oficinas e as atividades acontecem das 10h às 17h, no Hotel e SPA da Loucura, que fica na rua Ramiro Magalhães, n.521, Engenho de Dentro,  Casa do Sol, 3º andar. 

 

 

saúde ambientalSAÚDE AMBIENTAL

A Fundação Nacional de Saúde (Funasa), vinculada ao Ministério da Saúde, está com edital aberto para a seleção de projetos voltados a ações de Educação em Saúde Ambiental. As propostas devem ser enviadas até 28 de abril de 2014. As propostas e os planos de trabalho devem ser cadastrados e enviados para análise no site da Funasa.

 

festival-e-tudo-verdade-2014É TUDO VERDADE 2014

Acontece até o dia 13 de abril, domingo, a 19ª edição do festival internacional de documentários  É Tudo Verdade. Nesta edição, serão exibidos 77 títulos de 26 países, sendo 34 brasileiros. Dentre os destaques nacionais da programação estão os longas “O Mercado de Notícias”, de Jorge Furtado, e “Dominguinhos”, de Joaquim Castro, Eduardo Nazarian e Mariana Aydar. A entrada é franca e os filmes serão exibidos em diversos cinemas da cidade. Confira a programação completa!

DIA MUNDIAL DA SAÚDE 2014: o desafio da dengue

7 abr

Hoje, dia 7 de abril, é comemorado o Dia Mundial da Saúde, data criada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em 1948, com o intuito de alertar sobre os principais problemas de saúde que podem atingir a população global. Neste ano, a mobilização chama a atenção para as doenças transmitidas por vetores.
As doenças de transmissão vetorial ainda são responsáveis por um alto índice de mortalidade, sobretudo nos países periféricos. De acordo com a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), na região das Américas, as doenças transmitidas por vetores de maior importância epidemiológica são malária, dengue, doença de Chagas, leishmanioses, filarioses linfáticas, esquistossomose e tracoma. No Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde, em 2013 a dengue atingiu mais de um milhão de pessoas.

O mosquito Aedes aegypti, vetor da dengue

O mosquito Aedes aegypti, vetor da dengue

Apesar do número alarmante, as campanhas de prevenção e controle da dengue já têm resultados positivos no país: no primeiro bimestre de 2014, o número de casos da doença foi reduzido em 80%, em comparação com o mesmo período do ano anterior. De acordo com o Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa), realizado pelo Ministério da Saúde em 1.459 municípios brasileiros, foram registradas 87 mil notificações da doença entre janeiro e fevereiro de 2014, contra 427 mil no mesmo período de 2013.

A queda também foi observada em relação às ocorrências graves (84% de redução) e óbitos (95% de redução). E todas as regiões do país registraram quedas do número de casos de dengue no primeiro bimestre de 2014. A região Sudeste foi a que obteve a maior redução, passando de 232,5 mil notificações em 2013 para 36,9 mil este ano. Os resultados levantamento foram apresentados no dia 18 de março pelo ministro  da Saúde, Arthur Chioro.

Rio de Janeiro reduz em 96% os casos de dengue

A cidade do Rio de Janeiro, que já chegou a constar na lista das dez cidades com maior número absoluto de casos de dengue, teve, neste primeiro bimestre, uma expressiva redução: 96% no total de casos registrados, em comparação ao mesmo período de 2013. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro (SMS-RJ), até o dia 18 de março houve 797 casos da doença, enquanto nos três primeiros meses de 2013 foram identificados 33.843 pacientes.

“Não resta dúvida de que as ações de prevenção, sobretudo no sentido de ressaltar a importância do esforço conjunto da população para prevenir-se da doença, foram determinantes para a redução do número de casos. As visitas de agentes de saúde, que antes eram recusadas por 80% dos domicílios, hoje têm 92% de aceitação. Além disso, os cariocas informaram-se sobre a transmissão e os sintomas da dengue e estão  mais atentos a possíveis focos de mosquitos transmissores. Esse estado de atenção deve continuar, mesmo após o verão”, avalia a superintendente de Promoção da Saúde da SMS-RJ, Aline Bressan.

Muitas ações para a prevenção e o controle da dengue foram promovidas nos últimos anos pelo Ministério da Saúde e pela SMS-RJ. Além do monitoramento e controle de vetores, foram realizadas, por exemplo, oficinas de capacitação voltadas para adultos, adolescentes e crianças, com o objetivo de aumentar o conhecimento sobre a biologia e a ecologia do Aedes aegypti, intensificando, assim, o monitoramento e o controle do mosquito. Atividades como as Caminhadas contra a Dengue, realizadas em diversas comunidades, também foram essenciais para envolver os moradores.

A Prefeitura do Rio de Janeiro disponibiliza o número 1746, para que a população denuncie, pelo telefone, possíveis criadouros de larvas do Aedes aegypti. O prazo para atendimento é de até cinco dias úteis e é permitida, inclusive, a entrada compulsória dos agentes de vigilância sanitária em casos de recusa ou de ausência de pessoa responsável pelo domicílio.

Saiba mais sobre a dengue:
— Conheça algumas medidas simples que podem ajudar a prevenir a dengue, principalmente por meio da eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegypti
— Confira perguntas e respostas sobre dengue no site do Ministério da Saúde
— Você sabe como é o tratamento da dengue? Veja as orientações do Ministério da Saúde!
— Siga a página Combata a Dengue, do Ministério da Saúde, no Facebook
— Acesse o documento do Ministério da Saúde com os números de caso da dengue em todo o Brasil no primeiro trimestre de 2014
— Acompanhe a situação epidemiológica da dengue no Brasil

AGENDA DA PROMOÇÃO DA SAÚDE: 5 a 11 de abril

4 abr

humaniza susSEMANA NACIONAL DE HUMANIZAÇÃO
No dia 7 de abril, segunda-feira, começam as atividades da Semana Nacional De Humanização, promovida pelo Ministério da Saúde, a fim de celebrar os 10 anos da Política Nacional de Humanização do SUS. O evento, que vai até o dia 11 de abril, sexta-feira, conta com oficinas, rodas de conversa, exposição de pôsteres, vídeos, fotos, plenárias entre outras ações de mobilização que possibilitem a análise e disseminação das ações de humanização no sistema público de saúde. Há atividades em todo o Brasil. Confira a programação no site da Rede HumanizaSUS!

brasil noruega

SAÚDE MENTAL
Entre os dias 8 e 11 de abril acontece, no Rio de Janeiro, o IV Simpósio Brasil Noruega, com o objetivo de discutir a temática da demência. Na programação estão previstas mesas de debates com os temas “Identificação e tratamento de depressão e demência na saúde primária” e “Demência em jovens e demência tardia – quais são as diferenças?”. O simpósio será realizado nos dias 9, 8 e 10 de abril no Centro de Estudo e Pesquisa do Envelhecimento, na Gávea, e no dia 11 de abril, no Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro, que fica no campus da Praia Vermelha. Mais informações: (21) 2334-6837 / (21) 2334-6853.

muda de plantaPLANTA NA RUA
O Mutirão Planta na Rua, que restaura calçadas e terrenos baldios da cidade construindo jardins no local, chega à comunidade de Manguinhos, na Vila Previdência, no próximo domingo, dia 6 de abril, a partir das 10h. O Mutirão fará o plantio de árvores da Mata Atlântica, ervas medicinais, mudas de plantas e árvores frutíferas. Além disso, haverá oficinas de grafite, compostagem, reaproveitamento e reciclagem; exibição de filmes;  palestra do botânico Bruno Rezende; recital de poesia e rodas de leitura, entre outras atividades.

ditaduraGOLPE CIVIL-MILITAR DE 1964

Este sábado, 5 de abril, é o último dia para conferir o evento do Museu da Vida, da Fiocruz, sobre o Golpe Civil Militar de 1964. Neste dia, duas atividades estão programadas com o objetivo de estimular a reflexão sobre a democracia como valor universal e sua relação com a ciência: às 10h haverá um cine debate e ao meio-dia uma uma roda de samba. Para confirmar sua participação no evento, envie um e-mail para museudavida@fiocruz.br. O Museu da Vida fica na Fiocruz (Av. Brasil, n.4365, Manguinhos).

AGENDA DA PROMOÇÃO DA SAÚDE: 29 de março a 4 de abril

28 mar

atividade físicaDIA MUNDIAL DA SAÚDE E DIA MUNDIAL DA ATIVIDADE FÍSICA

Dia 4 de abril, sexta-feira, será comemorado o Dia Mundial da Saúde e o Dia Mundial da Atividade Física. A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro promoverá atividades para celebrar a data em diversos bairros da cidade. Alongamento, dança e hidroginástica são algumas das atividades que compõem a programação. Depois dos exercícios, os participantes poderão desfrutar de um lanche saudável, receber orientações sobre cuidados com a saúde e tirar suas dúvidas com os profissionais presentes. A comemoração acontecerá das 9h às 11h30 na Praia Vermelha, no IAPI da Penha, na Vila Olímpica da Mangueira, no Sesc Madureira/Parque Madureira, no Parque dos Atletas, na Vila Olímpica Mestre André, no Centro Interescolar  Miécimo da Silva e na Clínica da Família Ernani Paiva Braga.

pacientes terminaisCUIDADOS PALIATIVOS, FILOSOFIA E CIDADANIA

O Grupo de Direitos Humanos e Saúde da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) promove em abril o curso de atualização “Pacientes terminais: uma reflexão na perspectiva de cuidados paliativos”.  O curso é gratuito e as aulas serão nos dias 03, 10, 17 e 24 de abril, de 8h30 a 12h30. O Grupo oferece também o curso Filosofia e Cidadania, que acontece nos mesmos dias, das 13h às 17 h. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (21) 3882-9222, (21) 3882-9223  ou pelo email dihs@ensp.fiocruz.br.

logo_redeunidaREDE UNIDA EM FORTALEZA
Estão abertas até 08/04 as inscrições para as oficinas do 11º Congresso Internacional da Rede Unida, que será realizado na cidade de Fortaleza, de 10 a 13 de abril. Com o tema central “Girar Vida, Políticas e Existências: a delicadeza da Educação e do Trabalho no cotidiano do SUS”, o evento visa contribuir com os processos de mudança na formação e desenvolvimento de profissionais da área da saúde, bem como na transformação do modelo de atenção à saúde e na busca da consolidação do Sistema Único de Saúde em seus princípios e diretrizes. Acesse o site do evento e saiba como se inscrever!

inclusão socialINCLUSIVE EU

“Inclusive Eu”, a nova série da MultiRio, mostra histórias de vida e o cotidiano de crianças, jovens e adultos com autismo, surdez, deficiência visual, entre outras necessidades especiais. A série mostra a importância do apoio da família, da escola e da relação entre pessoas com ou sem deficiência, além de apontar caminhos para incentivar que haja mais naturalidade na convivência com as diferenças. O primeiro episódio aborda as histórias de Gabriel, Jonathan e Fábio, que vivem fases diferentes da vida, mas têm em comum o diagnóstico de autismo. O programa estreia no sábado, 29/03, às 20h, no canal 26 da NET. Acesse  site da MultiRio e fique por dentro da programação!

ideiaIDEIAS MUDANDO O MUNDO

A vida dos premiados e suas inovações que contribuíram para o progresso da humanidade são os destaques da exposição “O Prêmio Nobel – Ideias Mudando o Mundo”, que tem entrada gratuita e fica em cartaz até o dia 22 de abril, na biblioteca da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Nela, o público terá acesso à informações sobre o Prêmio Nobel, seus vencedores, invenções, critérios de escolha e categorias. A FGV fica na Praia de Botafogo, n.190, e a exposição pode ser visitada das 10h às 20h. Confira a página da exposição no Facebook.

 

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 737 outros seguidores